Turismo foi responsável por 40% das novas empresas criadas em 2018

Porque achamos que existem noticias a que devemos dar relevância, deforma a que melhor se entenda o que nos rodeia, quanto à actividade económica em Portugal.. Esta semana resolvemos copiar para o nosso blog uma noticia publicada pelo Jornal Expresso On-line.

” Foram criadas 2278 novas empresas no sector, o que representou um crescimento de 14,6%, segundo um estudo da Informa D&B. O transporte ocasional de passageiros destacou-se aqui com uma subida de 138,2%. O turismo fechou 2018 com 17.845 empresas em atividade.

As atividades ligadas ao turismo, nos sectores de serviços associados a alojamento, restauração, imobiliárias, construção ou transportes, foram responsáveis por 40% das novas empresas criadas em Portugal em 2018, o que representou um crescimento de 14,6% face ao ano anterior, segundo um estudo da Informa D&B.

O turismo com toda a componente de serviços associados passou a ter no país 17.845 empresas em atividade no final de 2018, quando em 2017 estas se cifravam em 15.567.

Nos serviços associados ao turismo, destacou-se em 2018 o segmento de animação turistica e de agências de viagens, com a criação de 228 novas empresas, e que neste campo subiu 11,2%. Mas o segmento que mais cresceu foi o de transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros, que disparou 138,2%, gerando a criação de 619 empresas.

ALOJAMENTO E RESTAURAÇÃO PASSOU A TER 5.121 EMPRESAS
As atividades imobiliárias ligadas ao turismo também se destacaram em 2018 com a criação de 658 novas empresas, num crescimento de 14,5%. Ao todo, as empresas nesta área passaram a somar 5.187, quuando em 2017 eram de 4.529. O crescimento foi transversal a todas as regiões do país, tendo sido mais expressivo nos concelhos do Porto, Lisboa e Cascais.

O alojamento e restauração registou “um crescimento moderado no número de novas empresas”, segundo a Informa D&B. O aumento neste segmento foi de 1,3% em 2018, tendo o respetivo universo de empresas passado de 5.053 em 2017 para de 5.121 em 2018.

Também a construção deu no ano passado um salto de 20,2% na criação de empresas, que passaram a totalizar 4.202. Segundo a Informa D&B, “parece indiciar uma recuperação após a forte contração que este sector sofreu entre 2008 e 2012 relativamente ao número de empresas”.

RECORDE NO NASCIMENTO DE EMPRESAS EM PORTUGAL: MAIS 46 MIL
Globalmente, 2018 foi um ano recorde para o país na criação de novas empresas, segundo o barómetro anual da Informa B&B. Se os encerramentos aumentaram 19% face a 2017, por outro lado foram criadas no ano passado 2,5 empresas por cada uma que fechou.

Durante o ano passado foram criadas em Portugal 45.191 mil novas empresas, mais 4 mil que no ano anterior, e representando um crescimento de 10,4%.

O distrito de Lisboa foi responsável por quase metade do crescimento de novas empresas no país. Em Lisboa nasceram no ano passado 15.798 empresas, representando um crescimento de 13,7%. O destaque vai também os distritos do Porto, com 8.142 constituições de empresas (mais 12,7%) ou Setúbal, com 3.377 novas empresas (mais 22%).

“O ano de 2018 vem reforçar os sinais da iniciativa empreendedora que já se tinha evidenciado em 2017”, salienta Teresa Cardoso de Menezes, diretora-geral da Informa D&B – frisando que sobretudo “ilustra a forte dinâmica do turismo em Portugal, pois as novas empresas ligadas às atividades turísticas representam parte muito significativa deste crescimento”.

Fonte: EXPRESSO / Conceição Antunes

Share This
%d bloggers like this: